Legislativo

ORÇAMENTO

Relator do Orçamento, Bittar diz que tem sinal verde para criar programa social

Senador Márcio Bittar se reuniu nesta quarta-feira (16/9) com presidente Bolsonaro e ministro Paulo Guedes

Márcio Bittar: “O que pode acontecer é você criar o programa, cria a rubrica, e você pode esmiuçar isso mais à frente”. Créditos: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Márcio Bittar (MDB-AC) pretende apresentar na terça-feira da semana que vem (22/9) a proposta do Orçamento de 2021. O relator do Orçamento se reuniu nesta quarta-feira (16/9) com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo o parlamentar, ele pediu e recebeu sinal verde do Executivo para apresentar na proposta a criação de um programa social.

No entanto, Bittar não quis adiantar nenhum detalhe com relação a valores ou a abrangência da proposta. “Para evitar, de novo, informações desencontradas, informações que vazam, não vou fazer nenhum tipo de especulação enquanto ela [proposta de Orçamento] não estiver pronta”, disse. “O que pode acontecer é você criar o programa, cria a rubrica, e você pode esmiuçar isso mais à frente”, explicou. “Você não precisa, obrigatoriamente, criar, dizer qual o valor em um primeiro momento. Você cria a caixinha e está criado o programa”.

O senador lembrou que durante a pandemia foram descobertos 10 milhões de brasileiros fora de qualquer programa social. “O que vamos fazer com esses brasileiros? Esquecer que eles existem a partir de janeiro? Não. Eles vão continuar existindo e não vai mudar só porque mudou o ano”, ressaltou. “Tem que ser criada alguma coisa que abrace essas pessoas.”

A declaração ocorre no dia seguinte após o presidente Jair Bolsonaro declarar que “não se fala mais em Renda Brasil”, programa especulado para ser o substituto do Bolsa Família. Bolsonaro ficou irritado com as manchetes de jornais informando que a equipe econômica estudava congelar aposentadorias e restringir benefícios a pessoas com deficiência para viabilizar o Renda Brasil.

Bittar também disse que pediu autorização ao presidente para ter interlocução com a equipe econômica e parlamentares: “Eu fui solicitar ao presidente que eu, enquanto relator do Orçamento, do Pacto Federativo e da PEC Emergencial, conversasse de novo com a equipe econômica, com os líderes partidários para apresentar o programa”.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito
Sair da versão mobile