Justiça

TST

TST condena Odebrecht por irregularidade trabalhista em Angola

Companhia brasileira precisa aplicar regras da CLT mesmo em solo estrangeiro

Instalações da Sociedade Mineira de Catoca, na Província de Lunda Sul. Crédito Eduardo Barcellos/Odebrecht/Divulgação

A tentativa de submeter trabalhador brasileiro contratado por empresa nacional para prestar serviço fora do país a outra legislação não convence ministros do TST. Por unanimidade, eles negaram um recurso de revista da Construtora Noberto Odebrecht S.A. e da Odebrecht S.A. e mantiveram entendimento de que o funcionário está amparado pela Consolidação das Leis do Trânsito […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.