Docs

Docs

TRF3 decide soltar Nuno Cobra, ex-preparador de Senna

Leia íntegra da decisão. Cobra, de 79 anos, foi condenado por violação sexual mediante fraude

A juíza relatora convocada Giselle França, do Tribunal Regional Federal da 3a Região (TRF3), concedeu um habeas corpus ao preparador físico Nuno Cobra.

Cobra, conhecido por ter sido o preparador físico do piloto Ayrton Senna, teve prisão preventiva decretada pela Justiça Federal de São Paulo na segunda-feira (11/09), depois de ter sido condenado a 3 anos e 9 meses por praticar ato libidinoso mediante fraude durante um voo em 2015.

Leia a íntegra da decisão.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito