Justiça

TJSP

TJSP adia julgamento que quer impor restrições à PM em protestos

Dois desembargadores votaram para negar recurso; Malheiros pediu adiamento

São Paulo - A Polícia Militar reprimiu a manifestação de universitários da USP, com bombas de feito moral e gás lacrimogêneo, os estudantes protestavam na Avenida Paulista (Foto repórter - Fernanda Cruz/Agência Brasil)

A 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) adiou, mais uma vez, o julgamento de um agravo da instrumento, interposto pela Defensoria Pública de São Paulo, que visa impor uma série de restrições à Polícia Militar (PM) quanto a atuação da corporação em protestos realizados no estado. Na manhã desta […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.