Justiça

Foro privilegiado

STJ continuará julgando desembargadores em crimes prestes a prescrever

Tribunal ainda deve decidir se foro de desembargadores e procuradores muda para crimes sem relação com cargo

Ford, STJ decide que empresa pode compensar IRRF de lucros distribuídos a acionistas em diferentes exercícios
O ministro Benedito Gonçalves, do STJ | Crédito: Flickr/STJ

Ao analisar uma questão de ordem em uma ação penal que envolve um desembargador do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu nesta quarta-feira (01/8) que, para crimes cometidos fora da função, mas que estão prestes a prescrever, fica mantida sua competência. O tribunal, porém, não […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.