Justiça

Lava Jato

‘Precisamos que o STF respeite os seus próprios precedentes’, afirma Dallagnol

Procuradores da força-tarefa da Lava Jato criticaram a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello

Dallagnol
Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP

Em coletiva de imprensa convocada pela força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, nesta quarta-feira (19/12), o procurador Deltan Dallagnol criticou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello que suspendeu prisões após condenação em segunda instância. A liminar concedida, segundo ele, afronta a segurança jurídica e o princípio da colegialidade. “Precisamos […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.