Justiça

RACISMO

Professor é condenado por racismo por chamar vereador de ‘capitão do mato’

Condenado reprovou foto postada por político, que havia expulsado de uma praça pública jovens usando drogas

Vista aérea da praça Ramez Tebet, em Três Lagoas - Crédito: Divulgação / Prefeitura de Três Lagoas

Um professor de Direito Penal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) foi condenado a três anos de prisão pelo crime de racismo. O acusado chamou de “capitão do mato” o vereador Renée Venâncio (PSD-MS), de Três Lagoas, no interior do Mato Grosso do Sul. O juiz Vinícius Pedrosa Santos, da 2ª Vara […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile