Justiça

Busca e apreensão

Para ANPR, Supremo não tem competência para investigar atos de Janot

Associação Nacional dos Procuradores da República diz que não há contemporaneidade na suposta conduta do ex-PGR

Ex-PGR Rodrigo Janot / Crédito: João Américo/Secom/PGR

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) criticou a determinação de busca e apreensão na casa e no escritório do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot na tarde desta sexta-feira (27/9) em decorrência das declarações dadas por ele. Janot contou em entrevistas que foi armado ao Supremo Tribunal Federal (STF) com a intenção de atirar […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile