Justiça

STJ

Os escolhidos do STJ para vaga do ministro Ari Pargendler

Pleno da Corte definiu os três nomes que disputarão a indicação da presidente Dilma Rousseff

Divulgação/STJ

Os desembargadores Joel Ilan Paciornik (TRF4), Marcelo Navarro Dantas (TRF5) e Fernando Quadros da Silva (TRF4) estão no páreo para ocuparem uma vaga no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os três foram selecionados nesta quarta-feira (27/5) pelos ministros da Corte, e constam em uma lista tríplice que será entregue à presidente Dilma Rousseff.

Os escolhidos foram selecionados dentre uma lista de 18 nomes. Paciornik obteve 21 votos, Dantas, 20, e Quadros da Silva, 18.

Caberá à presidente escolher um dos três, e em seguida enviar o nome à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, para sabatina.

O futuro ministro ocupará a vaga deixada peço ex-ministro Ari Pargendler, que se aposentou em setembro de 2014. Pargendler ocupava a 1ª Turma do tribunal, responsável pelo julgamento de questões de tributárias, administrativas e relativas a servidores públicos.

De acordo com a assessoria de imprensa do tribunal, entretanto, outro ministro – Luiz Alberto Gurgel de Faria, da 5ª Turma, de direito penal – já pediu para preencher a cadeira seção de direito público. Restaria ao próximo ministro, desta forma, ocupar uma vaga na turma de penal.

Nos próximos meses, o pleno deverá formar duas novas listas tríplices, e a presidente Dilma indicar dois novos nomes ao STJ. Estão em aberto as cadeiras antes ocupadas pelos ministros Gilson Dipp (vaga de desembargador federal) e Sidnei Beneti (vaga de desembargador estadual).


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito