Do Supremo

STF

Novo AGU defende no STF a prática da “condução coercitiva”

Informações foram aprovadas e assinadas pelo presidente em exercício Michel Temer

Brasília- DF 23-05-2016 Presidente interino, Michel Temer, durante entrega da meta fiscal 2016 ao presidente do senado Renan Calheiros. Foto Lula Marques/Agência PT

O presidente em exercício Michel Temer aprovou e enviou ao Supremo Tribunal Federal, nesta segunda-feira (23/5), manifestação da Advocacia-Geral da União em defesa da “condução coercitiva” para interrogatório de investigado, prevista no artigo 260 do Código de Processo Penal. As informações foram encaminhadas ao presidente do STF, Ricardo Lewandowski, e passam a constar dos autos […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.