Justiça

STJ

Não há limite de idade para adoção por pessoa homoafetiva

Decisão é do STJ; Ministério Público do Paraná queria que adotando tivesse, no mínimo, 12 anos

Não deve ser imposto limite mínimo de idade para o deferimento de pedido de adoção de criança feito por pessoa homoafetiva. Foi o que enfatizou a 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao julgar caso em que o Ministério Público do Paraná entendia que “diante da informação de que o requerente é homoafetivo, a […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.