Justiça

Vale

MPF acredita que tragédia de Brumadinho deve ‘destravar’ ação de Mariana

Reincidência não pode impactar Vale, já que suposto novo crime ambiental foi cometido sem trânsito em julgado do caso anterior

Mariana após rompimento da barragem, em 2015. Foto: Rogério Alves/TV Senado

Membros do Ministério Público Federal em Minas Gerais (MPF-MG) ouvidos pelo JOTA acreditam que a tragédia de Brumadinho (MG) tem potencial para “destravar” a ação penal instaurada contra a Vale, Samarco e executivos envolvidos no caso da barragem de Mariana, além de possivelmente influir em uma decisão final do caso, justamente pelo clamor popular. +JOTA: Assine […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.