Justiça

Tocantins

MP processa deputado que empregou ‘vaqueiro’ de sua fazenda na Assembleia

Ministério Público também investiga servidor que recebeu R$ 467 mil entre 2014 e 2015, mas mora no Canadá

Justiça determina que Assembleia do Tocantins reduza número de comissionados
Sede da Assembleia Legislativa do Tocantins / Crédito: Divulgação.

O Ministério Público do estado do Tocantins ajuizou uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra os deputados estaduais Nílton Bandeira Franco (MDB-TO) e Valdemar Rodrigues Lima Júnior (MDB-TO) por empregarem assessores que sequer compareciam à Assembleia Legislativa do Tocantins (AL-TO). A ação foi protocolada em outubro do ano passado e tramita sob […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.