Justiça

TSE

MP investiga se houve falso testemunho de Otávio Azevedo

Para defesa de Dilma, empresário afirmou “falsamente” que houve pagamento de R$ 1 milhão ao PT

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff e o vice-presidente, Michel Temer, participam da solenidade onde recebem os cumprimentos de oficiais-generais no Clube do Exército Antonio Cruz/Agência Brasil

O Ministério Público Federal deve investigar se o ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Azevedo cometeu crime de falso testemunho por ter afirmado inicialmente, em depoimento à Justiça Eleitoral, que a campanha de Dilma Rousseff em 2014 teria recebido R$ 1 milhão ilicitamente. A defesa da ex-presidente Dilma encaminhou reclamação ao Tribunal Superior Eleitoral alegando crime de […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.