Justiça

CGU

MP da Leniência não busca “anistia”, mas preservar empregos, diz Jorge Hage

Errado foi permitir que clube de empreiteiras dominasse segmento econômico por anos, diz ex-ministro

Entrevista do Ministro chefe da controladoria Geral da Uniao , Jorge Hage

À frente da Controladoria Geral da União antes e depois de sancionada a Lei Anticorrupção, o ex-ministro Jorge Hage avalia que o perdão de multas às empresas que assinarem acordo de leniência e a permissão para que elas continuem participando de licitações públicas não configura “anistia”. +JOTA: Aos 10 anos, Defensoria paulista enfrenta críticas sem orçamento […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.


Sair da versão mobile