Do Supremo

STF

Mendes: investigado deve conhecer oitivas antes de falar

Contrariando PF, ministro suspendeu depoimento de Aécio Neves por ver desrespeito a súmula do STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes afirmou que um investigado tem direito de conhecer depoimentos de testemunhas que já tenham sido coletados em inquérito policial antes de prestar seus esclarecimentos às autoridades policiais. A avaliação do ministro consta em decisão que determinou a suspensão do depoimento do presidente do PSDB, senador Aécio Neves […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.