Justiça

Danos ambientais

Justiça Federal de MG dá seguimento a denúncia contra empresas do desastre de Mariana

Segundo juiz, empresas como a Vale podem ser responsabilizadas mesmo que responsáveis por ato não sejam identificados

Samarco
Rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco, no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais / Crédito: Rogério Alves/TV Senado

A 1ª Vara Federal de Ponte Nova, em Minas Gerais, rejeitou, nesta sexta-feira (20/9), denúncia contra oito réus do caso do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, mas deu seguimento às denúncias contra as mineradoras Vale, a anglo-australiana BHP e a Samarco e cinco membros do Conselho Administrativo da Samarco. A tragédia ocorreu em […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.