Justiça

Danos morais

Justiça condena restaurante que demitiu mulher por ter bebido garrafa de água

Juíza afirmou que funcionários não são robôs e que tomar água não é luxo, mas necessidade fisiológica

água mineral
Crédito: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas

Um restaurante foi condenado a indenizar uma ex-funcionária demitida por beber uma garrafa de 500 ml de água durante o expediente. Na decisão, a juíza Luciana Bezerra, titular da 57ª Vara do Trabalho de São Paulo argumentou que ficou comprovado nos autos que a empresa não oferecia água potável aos servidores. A situação ocorreu em […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.