Justiça

CNJ

Maioria dos juízes sob ameaça atua na primeira instância, aponta CNJ

Dos 110 magistrados que tiveram a segurança reforçada, 93 são do primeiro grau

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Os juízes de primeira instância são mais suscetíveis a ameaças pessoais do que magistrados de segundo grau ou de Cortes superiores. É o que indica levantamento do Conselho Nacional de Justiça, que identificou 110 juízes brasileiros que andam com a segurança pessoal reforçada, sendo que 93 deles respondem pela Justiça de primeiro grau. Do total, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.