Do Supremo

STF

Itália concede extensão da extradição de Pizzolato

Condenado no mensalão do PT, ex-diretor do BB responderá por uso de documentos falsos em fuga

Brasília - O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolatto, chega ao IML, onde passou por exames, e seguiu para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde vai cumprir pena (Antonio Cruz/Agência Brasil)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) conseguiu ampliar na Justiça da Itália a extradição do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato para que ele responda pela produção de documentos públicos falsificados. A decisão foi tomada pela Corte de Apelação de Bolonha, na Itália, e autoriza a tramitação da ação penal contra ele no Brasil. […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.