Justiça

Depen

Em SP, irregularidades suspendem tornozeleira eletrônica de 4.200 presos

Tribunal de Contas do Estado detectou irregularidades na licitação em andamento

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), em parceria com o Tribunal de Justiça do Pará (TJ/PA), iniciou a implantação do Sistema de Controle de Saída Temporária (SISCOSTE), na Região Metropolitana de Belém (RMB). Neste ano, durante as datas comemorativas, no período de maio à dezembro, todos os internos de unidades prisionais da RMB que obtiverem o benefício da saída temporária pela Justiça serão monitorados eletronicamente, por meio das tornozeleiras, que também já são utilizadas por presos que cumprem pena no regime aberto.FOTO: ARQUIVO SUSIPE DATA: 09.05.14 BELÉM-PARÁ

Mais de quatro mil presos fora de penitenciárias deixaram de ser monitorados por tornozeleiras eletrônicas há dois meses por irregularidades na licitação para renovar o uso dos equipamentos em São Paulo. O governo do Estado pretende publicar um novo edital de licitação até o fim do mês. O Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP) detectou irregularidades […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.