Justiça

Sucessão

Eleito para OAB-DF, Délio Lins e Silva Junior derrota candidato de governador eleito

Disputa foi apertada e chapa vencedora teve apenas 248 votos a mais que a segunda colocada

Foto: STF

Por uma diferença de apenas 248 votos, num colégio de mais de 30 mil eleitores, o criminalista Délio Lins e Silva Junior foi eleito presidente da seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Ele derrotou Jacques Veloso, que era apoiado pelo recém-eleito governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha e pelo atual presidente da OAB-DF, Juliano Costa Couto.

À frente da chapa “Independência na Ordem”, Délio Lins e Silva Junior somou 9.805 votos, e contava com o apoio da ala de Francisco Caputo, que presidiu a OAB/DF entre 2010 e 2012, após vencer Ibaneis Rocha na disputa pelo cargo. Naquela gestão, Lins e Silva foi conselheiro da entidade, tendo presidido as comissões de Apoio ao Advogado Iniciante e de Honorários.

O presidente eleito da OAB-DF, sócio do escritório Délio Lins e Silva Advogados, formou-se, em 2000, pelo Centro Universitário de Brasília. Doutorando e mestre em Ciências Jurídico-Criminais, é também pós-graduado em Direito Penal Econômico pela Universidade de Coimbra. Além de professor universitário, foi fundador e primeiro presidente do Instituto de Garantias Penais (IGP).

A diretoria que vai comandar a OAB-DF no triênio 2019-2021 inclui Cristiane Damasceno (vice-presidente), Paulo Maurício Braz Siqueira (diretor-tesoureiro), Marcio de Souza Oliveira (secretário-geral) e Andrea Saboia Fonseca (secretária-geral adjunta).

Na eleição da OAB-DF o segundo mais votado, Jacques Veloso (chapa “Quem sabe faz a Ordem”), obteve 9.557 votos válidos. Em terceiro lugar chegou a candidata Renata do Amaral Gonçalves (chapa Ordem Democrática”), com 1.912 votos; em quarto, Max Telesca (chapa “Somos Todos OAB”), com 1.597 votos.

Ao longo da disputa, Lins e Silva defendeu uma atuação da Ordem mais efetiva no DF sem medo de questionar ações do governo local.

 


Você leu 1 de 3 matérias a que tem direito no mês.

Login

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito