Justiça

Mais salário

Dodge reage a pressão interna e diz que MP não pode ser indiferente à realidade

Associação da categoria ameaça entregar postos de chefia se a PGR não atender pleitos, como reajuste salarial

Lava Jato
Procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em resposta à pressão por aumento de salário, compensações para o fim do auxílio-moradia e ameaças de entrega de cargos, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, fez uma reunião com a principal entidade que representa a categoria e subiu o tom do discurso. (leia a carta) Após o encontro, Dodge cobrou o MPF e afirmou […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.