Do Supremo

STF

Decisão de Teori Zavascki tira investigação da Eletronuclear das mãos de Sérgio Moro

Investigação tramitará na Justiça Federal do Rio de Janeiro.

Relator dos processos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, o ministro Teori Zavascki determinou um novo desmembramento nas investigações.

O resultado prático: a apuração relativa ao pagamento de propina na construção da usina Angra Três sairá das mãos do juiz federal no Paraná Sérgio Moro e ficará sob a relatoria de um juiz federal no Rio de Janeiro.

O ministro do Supremo havia suspendido a tramitação do processo e pedido informações sobre o caso. Agora, decidiu que permanece no Supremo apenas a investigação sobre o possível envolvimento do senador Edison Lobão (PMDB-MA). O possível envolvimento do senador foi mencionado por Ricardo Pessoa, da construtora UTC, em delação premiada.

Em setembro, o ministro Teori Zavascki já havia determinado que o inquérito relativo a fraudes no Ministério do Planejamento não guardavam relação com o esquema de corrupção na Petrobras e determinou a redistribuição para a Justiça Federal de São Paulo.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito