Justiça

CNJ

Dados do CNJ indicam que população carcerária do governo pode estar superestimada

Divergência seria provocada por modelo utilizado pelos Estados para contabilizar presos, que inclui até marmitas

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Duas estatísticas oficias podem apresentar uma divergência no número de presos no país. Levantamento coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça indica que a população carcerária divulgada pelo governo pode estar superestimada. A imprecisão deve ser motivada pelo sistema que os estados utilizam para contar os detentos. O comando do CNJ recebeu sinalização de que a […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.