Justiça

ministério da Justiça

Criada para as Olimpíadas, Lei Antiterrorismo tem efetividade questionada

Norma contém termos vagos e imprecisos

20-05-2015 - Rio de Janeiro - O prefeito Eduardo Paes, ao lado da presidente da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) para os Jogos de 2016, Nawal el Moutawakel, e do presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, inaugura os aros olímpicos no Parque Madureira. Pesando cerca de quatro toneladas, com 25 metros de comprimento e 12 de altura, a estrutura foi instalada próximo à cascata do complexo, que, desde sua inauguração, caiu no gosto dos cariocas e é o principal espaço de lazer e prática de esporte da Zona Norte. O símbolo representa a união dos cinco continentes e foi doado pelo Reino Unido. Nos Jogos Olímpico de Londres, os aros decoraram a ponte Tyne, de Newcastle. Durante os Jogos Rio 2016, o Parque de Madureira será um dos três espaços organizados pela Prefeitura para o público acompanhar gratuitamente as competições dos Jogos em telão. Com 93 mil metros quadrados ele é o terceiro maior parque da cidade. Os outros dois ´live sites´ serão na Frente Marítima na região do Porto Maravilha e no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande. FOTOS J.P.ENGELBRECHT

Parte de um pacote de preparação para os jogos olímpicos do Rio de Janeiro, a Lei Antiterrorismo brasileira (nº 13.260/2016) foi responsável pelas primeiras prisões feitas no Brasil por suspeita de ligação entre brasileiros e o grupo Estado Islâmico – resultado da operação Hashtag, deflagrada pela Polícia Federal no final de julho. Ao todo, foram […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.