Do Supremo

Michel Temer

Cármen: Não há medidas sobre suposta espionagem de Fachin

Ministra avalia que não são necessárias providências porque Temer negou investida da Abin

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, avalia que não há providências a serem tomadas sobre o suposto uso da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) para investigar o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato e responsável por inquérito que investiga Michel Temer a partir da delação da JBS. A ministra considera, por […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.