Do Supremo

STF

Áudios de Lula: Intocáveis em Curitiba até fim do recesso

Para Lewandowski, caberá a Teori Zavascki decidir o que fazer com as interceptações

lula bolsonaro
Lula / Crédito Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu manter em Curitiba, mas separado dos demais, os os áudios em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi interceptado conversando com autoridades que tinham foro privilegiado, até que o ministro Teori Zavascki volte do recesso judicial. A reclamação foi apresentada pela defesa de Lula alegando que Sergio Moro […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.