Justiça

Advocacia

Aberto escritório especializado no atendimento à mulher

Objetivo é atender especificidades da desigualdade de gênero

Crédito: Marcos Santos/Divulgação

Duas advogadas, colegas de universidade, decidiram abrir o próprio escritório. Essa história seria lugar-comum, não fosse a especialidade da casa: mulheres. Ao sentirem que as queixas dessas clientes deveriam ser mais bem compreendidas, Ana Paula Braga e Marina Ruzzi, ambas de 24 anos, resolveram criar um espaço onde as demandas femininas tivessem maior visibilidade. Atendem, desde maio […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.