Jotinhas

Lava Jato

Triplo X mira estrutura de offshores na Lava Jato

Nova fase investiga ocultação de valores e lavagem de dinheiro de investigados

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (27/01) a 22ª fase da operação Lava Jato, chamada Triplo X.

São 15 mandados de busca e apreensão, seis mandados de prisão preventiva e dois mandados de condução coercitiva.

Os mandados são cumpridos em São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André e Joaçaba (SC).

Informações preliminares divulgadas pela PF indicam que a fase apura uma estrutura de montagem de off shores para ocultação de dinheiro de propina de obras da Petrobras.

Triplo X é uma referência direta a apartamento triplex vizinho ao do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  no Guarujá, dizem fontes


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito