Jotinhas

Coronavírus

STF perde um dos seus mais antigos servidores

Toffoli divulga nota, lamentando a morte de Ronaldo Moreth

LRF
Crédito: Gil Ferreira/SCO/STF

Ronaldo Moreth, servidor do Supremo Tribunal Federal há 24 anos, morreu neste domingo, 9 de agosto, vítima da Covid-19.

Moreth trabalhou em diversas presidências, como das ministras Ellen Gracie e Cármen Lúcia e dos ministros Dias Toffoli e Cezar Peluso, além de ter trabalhado no gabinete, por exemplo, do ministro Sydney Sanches.

Toffoli, presidente do Supremo, divulgou nota hoje, lamentando a morte de Moreth.

“Sempre dedicado ao tribunal, Moreth completaria 24 anos como servidor do STF no dia 30 de agosto. Querido por todos que o conheciam, sua ausência será profundamente sentida pelos amigos. A Presidência se solidariza com os familiares, amigos e colegas nesse momento de luto, desejando força e paz”, diz a nota.

Os servidores do Supremo, em sua maioria, estão em esquema de teletrabalho. E o tribunal não deve retomar as sessões presenciais neste ano em razão da pandemia do coronavírus.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito