Jotinhas

TSE

PSDB não recorrerá da decisão de manter a ministra Maria Thereza como relatora do processo contra Dilma Rousseff

Aécio Neves afirmou confiar na conduta da ministra, mas pediu celeridade nas investigações.

Foto: George Gianni

O PSDB informou que não recorrerá da decisão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dias Toffoli, de manter a relatoria do processo de impugnação do mandato da presidente Dilma Rousseff nas mãos da ministra Maria Thereza de Assis Moura.

A legenda havia manifestado entendimento de que o ministro Gilmar Mendes deveria relatar a ação de impugnação de mandato eletivo. A mesma opinião exposta pela ministra Maria Thereza, que inicialmente votou pelo arquivamento da investigação e ficou vencida por decisão da maioria.

Em nota divulgada nessa sexta-feira, o presidente do PSDB, Aécio Neves, afirmou que a legenda confia na condução do processo pela ministra Maria Thereza.

“Confiamos na ministra Maria Thereza. É uma juíza respeitada e pedimos apenas celeridade no momento em que as solicitações, seja o compartilhamento de provas, e de outras diligências, lá cheguem”, afirmou o senador Aécio Neves.

“Quero aqui reafirmar que a ministra Maria Thereza tem o respeito do PSDB e acreditamos que ele cumprirá o papel institucional que deve cumprir, até porque já fez isso em outros casos extremamente graves”, concluiu.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito