Jotinhas

OAB e a nova Câmara dos Deputados

O novo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é crítico contumaz do exame da Ordem. Em 2011, apresentou projeto de lei com o intuito de extinguir o exame. No texto, afirma que a OAB arrecada aproximadamente R$ 75 milhões por ano com a prova. “Esse exame cria uma obrigação absurda que não é prevista em outras carreiras, igualmente ou mais importantes. O médico faz exame de Conselho Regional de Medicina para se graduar e ter o direito ao exercício da profissão?”, questiona o texto. Em outra oportunidade, Cunha propôs o fim da taxa paga por todo bacharel em Direito que vá fazer o exame da Ordem dos Advogados. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos Vinícius Furtado Coelho, afirmava que a posição de Eduardo Cunha era isolada e afirmava que o deputado queria fazer o que nem a ditadura fizera: retaliar a OAB.

JOTA – Brasília

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.