Jotinhas

TJSP

Juíza Patrícia Álvares Cruz aceita convite para assumir o Dipo em SP

Proposta foi feita pelo futuro corregedor geral da Justiça, Geraldo Pinheiro Franco

penas alternativas
Crédito: Gil Ferreira / Agência CNJ

A juíza Patrícia Álvares Cruz, da 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), aceitou o convite para assumir o cargo de juíza corregedora do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo), e portanto, da coordenação das audiências de custódia no Estado, em 2018. A proposta foi feita pelo futuro corregedor geral da Justiça, o juiz Geraldo Pinheiro Franco.

Na semana passada, o JOTA publicou um artigo do advogado Thiago Gomes Anastácio em relação ao convite que havia sido feito para a juíza e sobre o papel das audiências de custódia. O texto foi respondido em outro artigo pelo novo corregedor geral da Justiça, que recebeu ainda uma tréplica do advogado.

Patrícia Álvares Cruz atua na magistratura há 25 anos e é conhecida pelo seu rigor ao sentenciar. O rodízio do cargo de corregedor do Dipo ocorre a cada nova gestão do TJSP. No começo do ano que vem, o desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, atual corregedor geral da Justiça, assume a Presidência do tribunal.

+JOTAA morte das audiências de custódia?

+JOTASobre a “morte das audiências de custódia”

+JOTA: Sobre o “sobre a morte das audiências de custódia”

 


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito