Foto: Lula Marques / AGPT

Grace Mendonça exonera peças importantes da AGU

Mudanças ocorrem na chefia da Escola da AGU e no comando da Procuradoria-Regional da União da 1ª Região

Entre o fim de 2017 e o começo deste ano, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, exonerou duas peças-chave da sua equipe. Deixaram os cargos a diretora da Escola da AGU Victor Nunes Leal, Chiara Ramos, e o Procurador-Regional da União da 1ª Região do órgão, Niomar Nogueira.

No lugar deles, foram nomeados, respectivamente, Diogo Palau Santos e Raphael Monteiro de Souza. Este último é homem de confiança de Grace há anos. Ele integrava a Secretaria-Geral de Contencioso, cargo que a atual AGU ocupava antes de ascender à chefia do órgão, e, até dezembro, era adjunto da advogada-geral da União.

Integrantes da AGU afirmam que as demissões se deram pelo mesmo motivo: ambos tinham o costume de questionar as decisões de Grace, o que não agradava a chefe. Questionado pelo JOTA sobre o motivo das exonerações, a assessoria do órgão preferiu não se manifestar.

Comentários