Jotinhas

ECONOMIA

Governo deve recuar em retirada de benefícios de diretores de agências

Dirigentes fizeram pressão para rever regra que reduzia benefícios como auxílio-moradia e diárias

agências
O ministro da Economia, Paulo Guedes | Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Ministério da Economia deverá recuar sobre a redução de benefícios, como auxílio-moradia e diária de viagens oficiais, de gestores que ocupam cargos de chefia em agências reguladoras — medida foi publicada em portaria no final de março.

A revisão da portaria foi sinalizada pelo secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys, a diretores das agências em reunião na última quarta-feira (3/4). O governo ainda não confirma se irá anular toda ou apenas parte das regras.

Os dirigentes das autarquias vinham pressionando o governo para alterar o texto que “rebaixava” benefícios para cargos comissionados. O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) disse que estudava ir à Justiça contra a portaria assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Nos bastidores, dirigentes de agências reclamaram da falta de diálogo do Executivo, que sequer os havia comunicado previamente sobre as mudanças. Além disso, parte deles ficou irritada porque considerava que a categoria vinha colaborando com o discurso do governo de cortar burocracias e criar receita.

Medidas como redução do auxílio-moradia, diziam os dirigentes, dificultariam ainda mais que especialistas se mudassem a Brasília para assumir o alto escalão das agências.

Críticas

Desde o período de campanha, Jair Bolsonaro (PSL) faz duras críticas às agências reguladoras que, segundo ele, burocratizam o Estado e os negócios privados. A edição da portaria, porém, foi lida nos bastidores como primeira medida concreta do governo contra as autarquias, segundo dirigentes ouvidos pelo JOTA.


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito