Jotinhas

propriedade industrial

Combate à pirataria deve começar logo na confecção do produto

Especialista explica onde tem início a proteção da propriedade industrial

25 de março

Para combater a pirataria de mercadorias não adianta apenas combater a comércio, mas o processo na ponta, quando o produto ainda está sendo feito. Quem afirma é o advogado Alexandre Gaiofato de Souza, sócio do escritório Gaiofato e Galvão Advogados Associados.

Segundo ele, a estratégia para proteger a propriedade industrial deve resultar em três frentes de atuação: proteção virtual, investigação de venda ilegal em lojas físicas e também na ponta da cadeia, nas oficinas onde os produtos são confeccionados.

O advogado recomenda, principalmente para clientes iniciantes, que as empresas invistam em uma estratégia de proteção que entre em prática no momento em que uma nova coleção é lançada no mercado.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito