Jotinhas

CNJ

CNJ aposenta juiz por dano moral indevido de R$ 30 mil

Magistrado era investigado desde 2010 por uma série de violações dos deveres funcionais

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou, na sessão desta terça-feira (30/05), a aposentadoria compulsória do juiz titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Teresina/PI, José Ramos Dias Filho, com vencimentos proporcionais. O magistrado era investigado desde 2010 por uma série de violações dos deveres funcionais da magistratura, como sumir com processos que tramitavam […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.