Jotinhas

Câmara educadora

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou que vai processar o ministro da educação, Cid Gomes. O chefe do MEC afirmou existirem de 300 a 400 achacadores no Congresso. Gomes reafirmou as declarações hoje no plenário da Casa. A temperatura subiu depois que o ministro foi chamado de “palhaço” por um dos parlamentares e abandonou a sessão. Cunha anunciou que vai apresentar denúncia à Procuradoria Geral da República contra Cid Gomes. “Essa casa vai se dar o respeito, em nome desses deputados que não se sentem achacadores”, afirmou.

JOTA – Brasília

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.