Do Supremo

CNJ

Bico de pena

Lewandowski vai a SP lançar livro sobre o CNJ

O ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tem sido alvo de severas críticas nas últimas semanas. A razão: diversos dispositivos propostos por ele para integrar a nova Lei Orgânica da Magistratura reduzem poderes do CNJ e, na prática, podem inviabilizar parte de suas atribuições (leia aqui). Além dos comentários na comunidade jurídica, artigos contrários às propostas têm pipocado pela imprensa causando mal estar ao ministro.

No meio dessa confusão, na segunda-feira (13/4), Lewandowski estará em São Paulo para o lançamento do livro “O Conselho Nacional de Justiça e sua atuação como Órgão do Poder Judiciário – Homenagem aos 10 anos do CNJ”. Lewandowski não só subscreve o convite às autoridades para que compareçam ao evento (cópia abaixo), como é organizador do livro, junto com o desembargador José Renato Nalini, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo.

O discurso terá de ser escrito a bico de pena.

image002

 


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito