Jotinhas

Ministério Público de São Paulo

Alckmin nomeia Gianpaolo Smanio como Procurador-Geral de Justiça de SP

Ele foi o primeiro colocado em lista tríplice com 932 votos

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), nomeou na tarde desta quarta-feira (13/04) o procurador de Justiça Gianpaolo Smanio no cargo de Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo no biênio 2016-2018.

Smanio foi o mais votado na eleição de sábado (9/04), liderando a lista tríplice enviada ao governador. Com 932 votos, ele ficou à frente da procuradora Eloisa de Sousa Arruda (850 votos) e do também procurador de Justiça Pedro Juliotti, que conquistou 547 votos.

A Associação Paulista do Ministério Público enviou no dia da eleição uma lista com cerca de 600 assinaturas ao Governo de São Paulo para que Alckmin indicasse o mais votado à PGJ.

O novo procurador-geral de Justiça tomará posse no auditório Queiroz Filho, nesta sexta-feira (15/04), no edifício-sede do Ministério Público de São Paulo, às 14h.

Veja o perfil de Gianpaolo Smanio:

Foi candidato da situação, tem 28 anos de carreira no MP-SP e hoje é o 16º procurador de Justiça da Procuradoria de Habeas Corpus e Mandado de Segurança. Atuou em diversas comarcas do interior do Estado e foi titular do Tribunal do Júri, da Promotoria Criminal e da Promotoria de Cidadania. Também atuou no gabinete de quatro procuradores-gerais, na Escola Superior do MP e no Gaeco. Durante a campanha, iniciada no fim de janeiro, visitou 120 promotorias no Estado.


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito