Eleições

Ataques

PF tem quatro inquéritos para apurar ameaças e ofensas à presidente do TSE

Última investigação envolve militar da reserva que fez ataques a Rosa Weber e ministros em vídeo

bloqueio whatsapp
Ministra Rosa Weber. Crédito: Carlos Moura/SCO/STF

A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para investigar o coronel do Exército Carlos Alves, do Rio de Janeiro, que divulgou um vídeo nas redes sociais em que chama a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, de “vagabunda e corrupta”. Na terça-feira (24/10), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) defenderam a atuação […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.