Eleições 2022

Eleições 2022

Lula diz esperar que Alckmin se filie a um partido da base de apoio do PT

Ex-presidente afirmou que está discutindo possibilidades e que candidato a vice-presidência será “um contraponto ao próprio PT”

Lula
Ex-presidente Lula em entrevista coletiva / Crédito: Ricardo Stuckert/ PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou, nesta sexta-feira (28/1), que, para as Eleições de 2022, espera que o ex-governador Geraldo Alckmin se filie a um partido da base de apoio do Partido dos Trabalhadores (PT). Apesar da afirmação, Lula diz não ter um candidato a vice-presidência definido.

Em entrevista à rádio Liberal FM do Belém do Pará, o ex-presidente afirmou que o candidato a vice-presidência será “um contraponto ao próprio PT”. Lula disse estar conversando com diversos partidos e personalidades políticas para estudar as possibilidades.

O petista afirmou não ser possível concretizar a aliança com Alckmin porque ele está sem partido. Além disso, Lula declarou que ele próprio ainda não firmou a candidatura.

O ex-presidente destacou que o candidato a vice-presidência “não será um cara como eu, ele terá de ser um contraponto ao próprio PT”. Lula espera que o vice traga e possibilite o diálogo com outros setores da sociedade para que se construa um governo de coalizão contra o Congresso. 

Na entrevista, o ex-presidente também criticou a relação do governo Bolsonaro com o Congresso.

Não existe na história da República brasileira um governo tão frágil, tão inoperante, tão impotente na relação com o Congresso Nacional. Ele não manda nada, ele não controla sequer o orçamento da União que deve ser administrado pelo Executivo”, afirmou.