Leia a íntegra do voto de Barroso sobre aborto até 3º mês

Voto do ministro foi seguido por mais dois colegas e cria precedente na 1ª Turma do STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal entendeu nesta terça-feira (29/11) que a criminalização do aborto até o terceiro mês de gestação fere os direitos fundamentais da mulher.

A posição foi fechada a partir do voto apresentado pelo ministro Luís Roberto Barroso, seguido pelos ministros Rosa Weber e Edson Fachin, quando discutiram pedido de liberdade de cinco pessoas  presas em flagrante realizado o procedimento, entre eles médicos e enfermeiros de uma clínica de Duque de Caixas, no Rio de Janeiro, pediram liberdade na Justiça.

Confira a íntegra do voto do ministro Luís Roberto Barroso no hc-voto-aborto-1