SG sugere condenação de Ipiranga e Ale por cartel em SC

Decisão se dá uma semana depois de tribunal reprovar compra de uma pela outra

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sugeriu a condenação da Ipiranga Produtos de Petróleo S/A e da Alesat Combustíveis por um cartel no mercado de combustíveis em Joinville (SC). (PA 08700.009879/2015-64)

A nota técnica da Superintendência-Geral foi assinada eletronicamente às 17h43 de quinta-feira (10/8), pouco mais de uma semana depois de o colegiado do órgão antitruste reprovar, de forma unânime, a compra da Alesat pela Ipiranga.

A SG teve conhecimento do caso em 2015, após denúncia criminal apresentada pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina contra pessoas físicas acusadas. A SG informou que o inteiro teor da nota técnica ainda é de acesso restrito ao Cade e aos representados no processo.

O caso segue agora ao tribunal administrativo do Cade, que tomará a decisão final sobre condenação ou não dos acusados pela prática anticompetitiva.