TJSP concede direito a esquecimento a homem que foi condenado há mais de 10 anos

Manutenção dos resultados perpetuaria o estigma social de uma condenação criminal, afirmam desembargadores