Carreira

Concurso

Senado abre concurso e escolhe comissão para realizar nova seleção

Serão disponibilizadas 40 vagas para selecionar advogados, analistas e policiais legislativos

Frentes Parlamentares
Crédito: Agência Senado/ Divulgação

O presidente do Senado Federal autorizou a realização de um novo concurso para selecionar advogados, analistas e técnicos legislativos. Também foi formada uma comissão composta por servidores da Casa para realizarem a seleção dos candidatos.

A autorização para a abertura de um novo certame para o Senado Federal foi publicada no Diário Oficial da União no dia 3 de outubro de 2019. Segundo o documento, a seleção irá selecionar 40 profissionais e a formação de cadastro de reserva.

Entre as vagas para nível superior há quatro vagas para advogado e outras doze para analista legislativo, sendo duas para a área de processo legislativo e duas para a de administração. As demais são uma vaga cada para um dos diversos setores: arquivologia, assistência social, contabilidade, enfermagem, informática legislativa, registro e redação parlamentar, engenharia do Trabalho e engenharia eletrônica e telecomunicações.

Também serão disponibilizadas 24 vagas para policial legislativo (técnico), que são de nível médio.

De acordo com o Portal da Transparência, a remuneração inicial das carreiras mencionadas são: advogado: R$ 33.461,68, sendo R$ 7.970,84 de vencimento básico, R$ 14.946,02 de gratificação de atividade legislativa, R$ 5.762,32 de gratificação de representação, e R$ 4.782,50 de gratificação de desempenho; a carreira de Analista Legislativo: R$ 25.897,76, sendo R$ 6.844,84 de vencimento básico, R$ 10.804,35 de gratificação de atividade legislativa, R$ 4.141,67 de gratificação de representação, e R$ 4.106,90 de gratificação de desempenho; e a de Técnico Legislativo: R$ 19.427,79, sendo R$ 4.449,16 de vencimento básico, R$ 9.788,12 de gratificação de atividade legislativa, R$ 2.521,02 de gratificação de representação, e R$ 2.669,49 de gratificação de desempenho.

TRE do PA define banca

Foi publicada no dia 8 de outubro de 2019, no Diário Oficial da União, a dispensa de licitação do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), que será a banca organizadora responsável pelo próximo concurso para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

São membros da comissão os servidores  Rodrigo Augusto Nascimento Montero Valdez, como presidente, e Márcia Socorro Raiol de Moraes Nascimento e Renato Holanda Alves.

De acordo com informações do Portal da Transparência, a remuneração inicial da carreira de Analista Judiciário é de R$ 5.189,71, acrescidos da gratificação por atividade judiciária no valor de R$ 7.265,59, totalizando um vencimento de R$ 12.455,30. Já o cargo de Técnico Judiciário, a remuneração inicial é de R$ 3.163,07, junto com a gratificação por atividade jurídica no valor de R$ 4.428,30, resultando um total de R$ 7.591,37.

Para concorrer aos cargos, é necessário que o candidato possua diploma de conclusão de curso de nível superior para a carreira de Analista Jurídico, e nível médio para Técnico Judiciário. O órgão ainda não informou a quantidade de vagas que serão oferecidas.

Confira os principais concursos da semana

Período das Inscrições: de 22 de novembro até 19 de dezembro de 2019

Vagas: 40 + 80 CR 

Remuneração: R$ 14.970,00

Prova Objetiva: 02 de fevereiro de 2020

Organizadora: Cebraspe

Período das Inscrições: até 25 de outubro de 2019

Vagas: 50 

Remuneração: R$ 30.404,42

Prova Objetiva: 15 de dezembro de 2019

Organizadora: Vunesp

 

 


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito