Carreira

Última chance

Últimos dias para os concursos de promotor em SP e defensor público em MG

Inscrições de ambos os pleitos se encerram na próxima quinta-feira (25/4). São 80 vagas para MPSP e 30 para DPE-MG

concursos
Crédito: Pexels

Na próxima quinta-feira (25/4), chega ao fim o prazo para inscrições dos concursos públicos para promotor de Justiça substituto do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) e também para defensor público na Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DPE-MG).

Os interessados no MPSP concorrerão a 80 vagas, com salário inicial de R$ 28.883,97. Já a DPE-MG tem 30 vagas abertas, com remuneração de R$ 22.158,82.

Além destes concursos, seguem abertas as inscrições para o concurso de tabelião de notas e oficial de registro em Minas Gerais.

Concursos com inscrições abertas

Promotor de Justiça – Ministério Público Estado de São Paulo

Data de encerramento: 25 de abril

Vagas: 80

Remuneração: R$ 28.883,97

Prova Objetiva: data ainda não divulgada

Organizadora: MPSP

Defensor Público – Defensoria do Estado de Minas Gerais

Data de encerramento: 25 de abril

Vagas: 30

Remuneração: R$ 22.158,82

Provas Objetivas: 26 de maio

Organizadora: Fundep

Tabelião de Notas e Oficial de Registro – Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Data de encerramento: 7 de maio

Vagas: 696

Remuneração: não informada

Prova Objetiva: 24 e 25 de agosto de 2019

Organizadora: Consulplan

Edital Publicado

Ministério Público do Estado de Santa Catarina – Promotor de Justiça

O procurador-geral de Justiça do Estado de Santa Catarina divulga edital para o 41º Concurso Público de Ingresso na Carreira do Ministério Público do Estado de Santa Catarina. O concurso visa o preenchimento de 23 vagas no cargo de promotor de Justiça substituto.

De acordo com o portal da transparência a remuneração inicial oferecida para o cargo é de R$28.883,98.

Os candidatos interessados devem possuir o diploma de graduação em Direito e comprovar 3 (três) anos de atividade jurídica, quando convocados para a posse no cargo.

O concurso será composto das seguintes fases: prova preambular (2 fases), provas discursivas, inscrição definitiva, prova de tribuna, apresentação dos títulos e prova oral.

A inscrição será efetuada apenas pela Internet, no endereço eletrônico https://www.institutoconsulplan.org.br/mpscpromotor, das 12 horas do dia 22 de abril até as 19 horas do dia 24 de maio de 2019. A taxa de inscrição é de R$ 300.

A aplicação da prova preambular está prevista para o dia 14 de julho de 2019. O processo seletivo preambular, consistirá na aplicação de prova em duas fases, uma matutina e outra vespertina, com 200 questões em cada uma delas. As respostas deverão indicar se as afirmativas propostas são “verdadeiras” ou “falsas”.

Concursos previstos

Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas – analista e assistente judiciário 

O Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) já está adiantado com os preparativos do seu próximo concurso para os cargos de analista e assistente judiciário. A previsão é de que sejam oferecidas vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva.

O órgão está em fase de escolha da organizadora que será responsável pelo certame.

Para concorrer ao cargo de analista judiciário os candidatos devem possuir nível superior, já para o cargo de assistente judiciário é exigido nível médio.

A remuneração inicial, sem incluir benefícios, oferecida para o cargo de analista é de R$8.936,96 enquanto para o de assistente é de R$4.588,34.

O tribunal tem a intenção de publicar o edital ainda neste semestre. O último concurso realizado pelo órgão ocorreu em 2013, organizado pela Fundação Getúlio Vargas.

Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro – delegado, inspetor, perito, auxiliar e técnico de necropsia

O governador do Rio de Janeiro, após reconhecer o déficit no efetivo na Polícia Civil do estado e autorizar 1.000 vagas para o próximo concurso, anunciou que 180 vagas serão para delegado de polícia enquanto as demais serão distribuídas dentre as outras funções policiais.

Mas como ainda não houve a autorização formal, a Polícia Civil ainda trabalha com o quantitativo de 96 vagas publicadas no Diário Oficial em 2018.

Para acelerar os trâmites do certame, a Polícia Civil dará início ao processo licitatório para escolha da organizadora. Após essa escolha, corre o prazo de até 45 dias para efetuar a publicação dos editais.

A remuneração inicial do cargo de delegado é de R$ 18.157,73, já para o cargo de inspetor a remuneração inicial é de R$ 6.280,31.

Para as vagas de delegado, inspetor e perito legista, é exigido diploma de nível superior. As demais áreas abrangem nível fundamental de ensino como também o médio.

Em 2012 o órgão realizou o último concurso para delegado. A organizadora foi a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB). Já para o cargo de inspetor a organizadora responsável pelo certame foi a Fundação Euclides da Cunha (FEC).

Assista ao Radar de Concursos.


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito