Carreira

Coaching

O advogado pode ser tradicional, mas nada o impede de inovar ou de ser diferente

Aquele que montar seu escritório e esperar o cliente bater em sua porta, vai continuar esperando

advogado
Crédito: Pixabay

Não sou e nunca fui uma figura tradicional, desde os bancos escolares. Em que pese vir de uma família de advogados, sempre me permiti ser e fazer tudo aquilo que minha vontade e intuição me permitiram – sempre dentro das regras e costumes, mas do meu jeito.

E assim é o advogado moderno, que não pode ter cabeça na advocacia do século passado. Aquele que montar seu escritório e esperar o cliente bater em sua porta, vai continuar esperando. O advogado moderno precisa ser empreendedor, ver o que os outros não enxergam, ver além e ter coragem de se arriscar e ser muito bom no que faz.

Focar naquilo que não podemos mudar ou resolver de nada adianta. Enxergar o caminho para mudar a realidade pode ser a chave para se viver uma outra advocacia, uma advocacia de realização, sucesso, clientela e, consequentemente, retorno financeiro. Mas, para ver esse caminho, é preciso enxergar a si próprio, senão, nada muda. E é aí que entra a metodologia do coaching jurídico.

Para quem está começando na carreira, surgem diversas questões: tenho potencial para abrir um escritório? Se vou abrir, quanto devo investir? Que custo ele deve ter? Terei clientes? Como consegui-los? Como ser encontrado em um mercado que já se encontra saturado de advogados se o Código de Ética da OAB restringe o uso da propaganda e da publicidade para divulgação? Existem meios legais para a captação sem ferir as normas?

E o que dizer dos muitos jovens que, ao serem promovidos no escritório onde entraram como estagiários, sentem-se como escravos trabalhando das 8h às 18h, muitas vezes ultrapassando esse horário para dar conta da demanda, perdendo vários eventos familiares e momentos com as pessoas queridas, para trabalhar, cumprir as metas e receber uma remuneração mensal em torno de R$ 1.500,00?

Com tantas incertezas, pensar de forma criativa e ter atitude para inovar e empreender é necessário até mesmo na advocacia. Sair da zona de conforto ou pensar fora da caixa são fórmulas que valem também no mercado do Direito. É preciso pensar como um empresário.

A grande maioria de meus colegas está presa por um sentimento que faz parte do cotidiano de todos nós. O medo. Medo de errar, de ser diferente, de arriscar, de subir mais um degrau, de não ser suficiente, de não ter sucesso na carreira, de não conseguir manter o escritório aberto e com ele, honrar seus compromissos com os clientes e colaboradores. O medo acaba fazendo com que cometam erros que poderiam ser evitados se entendessem que não existe um jeito certo ou padrão para ser e fazer as coisas. O seu jeito é na grande maioria das vezes o jeito certo.

Não existe problema algum em ser diferente, fora dos padrões. Cada ser humano é único, assim como o seu jeito de encarar e viver a vida. E está tudo bem em ser assim, não somos cópias, somos únicos.

E é nesse momento que o coaching pode fazer a diferença na vida desses profissionais. Apesar de se encontrar no mercado muitos coaches que não estão preparados, felizmente, como em qualquer segmento, também há profissionais sérios, qualificados para atuarem na atividade. E, muitas vezes, até ultrapassam essa expectativa e são como verdadeiros mentores por conhecerem profundamente a disciplina por sua própria vivência na área. Algo como uma mistura de experiência, visão e sabedoria.

O coaching jurídico leva para a vida e para a carreira técnica dos profissionais do Direito ferramentas poderosas e oportunidades de autognose e aperfeiçoamento que, quando enriquecidas com uma mentoria os coloca em um outro patamar, um degrau diferenciado na escada do desenvolvimento e do conhecimento.

Não se anule para se encaixar nos padrões “normais”, saia da casinha, do cercadinho, de cima do muro, saia de onde você está agora. Sem se preocupar em ser igual a todo mundo. Entenda que ser diferente é legal.

Atualmente, se destacam na profissão exatamente os profissionais que sabem se diferenciar no mercado saturado da advocacia. Diferenciar-se não quer dizer somente ser diferente, mais do que isso, é fazer diferente.


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito