Vinícius Ferreira Dias

O consequencialismo decisório como fator de erosão do precedente vinculante

Análise das consequências não deve ser puramente econômica, social ou política ao se interpretar Constituição

Crédito: Carlos Humberto/SCO/STF

Últimas Notícias sobre

    Recomendados

    LGPD

    Casa JOTA

    Aprovômetro

    TJSP

    Jotinhas

    Reforma tributária

    Regulação

    Liberdade de Expressão


    Sair da versão mobile